Universidade de Coimbra


Paisagens e Monumentos, 1972

Ver folha (frente e verso)


Uma das mais antigas Universidades da Europa. Fundada em Lisboa em 1290, foi transferida definitivamente para Coimbra em 1573, instalando-se no Paço Real. O edifício apenas passou a pertencer à Universidade em 1597, data em que esta instituição o adquiriu, durante o domínio Filipino, ao Monarca Espanhol - Filipe II, 1. de Portugal. O edifício foi reformado algumas vezes ao longo da sua história. Destacam-se:
 


Reforma Pombalina da Universidade, 1972

BIBLIOTECA JOANINA, de estilo barroco, construÍda no século XVIII (1717), no reinado de D. João V. Portal nobre de estilo barroco encimado por escudo nacional. Interior formado por três salas comunicantes por arcos de estrutura idêntica à do Portal. Paredes cobertas de estantes de dois andares, em madeiras exóticas, douradas e policromadas executadas por Manuel da Silva - pintor régio. Retrato evocativo de D. João V datado de 1725, de autor desconhecido. A Biblioteca contém cerca de 300.000 obras dos séculos XII a XIX, privilegiando a temáticas de Direito, Filosofia e Teologia.

  Datas da História. 700 Anos da Universidade em Portugal
Ano base de emissão 1990
Autor do desenho José Luis Tinoco
Técnica de impressão Litografia
Folhas 5X10
Data de emissão 6-Março-1990
Fim de circulação 31-Agosto-1995
Papel Esmalte «F»
Denteado 12 por 12 1/2
Valor de emissão 70 Escudos
Cor Policromo
Local de F.D.C. Lisboa, Porto, Coimbra, Faro, Funchal e Ponta Delgada

Datas da História

c1dia


 

CAPELA DE S. MIGUEL, fachada de estilo manuelino, mandado construir entre 1517-1522, com remodelações nos séculos XVII E XVIII. Portal principal manuelino da autoria de Marcos Pires e Diogo de Castilho. Porta de acesso Neo-clássica, de 1780. Retábulo principal de talha dourada onde se destacam pinturas maneiristas sobre a Vida de Cristo atribuÍdas a Simão Rodrigues e Domingos Vieira Serrão - Obra Prima do Maneirismo Português. Azulejos da nave de fabrico Lisboeta, do Séc. XVII, do tipo "tapete". Azulejos da Capela-Mor de Fabrico Coimbrão. Órgão Barroco, datado de 1733, em pintura de "Chinoiserie" da autoria de Gabriel Ferreira da Cunha. Lampadário de Prata - obra prima, da Ourivesaria Maneirista Coimbrã. Escultura de Sta. Catarina - Padroeira dos Estudantes, barroca, executada pelo monge beneditino, Frei Cipriano da Cruz.


 

SALA DOS CAPELOS, antiga sala do trono, é nos nossos dias o palco das mais importantes cerimónias Académicas, o que hoje vemos data de meados do Séc. XVII, da autoria do Mestre Construtor António Tavares. Tecto de Madeira com Pintura de Grotescos da autoria de Jacinto da Costa. Azulejos de tipo "Tapete" de fabrico Lisboeta. Telas Régias da autoria de Carlos Falch, João Baptista Ribeiro e Columbano.

TORRE, em estilo Barroco Mafrense, da Escola do Arquitecto Ludovice, erigida em 1728-1733, possui 34 metros de altura, e esteve desde sempre ligada à vida Académica, sendo o seu sino conhecido entre os estudantes por "Cabra".

UEFA Euro 2004 - Cidades Anfitriãs, 2004 (Coimbra) | 7 Maravilhas de Portugal, 2007 (Paço da Universidade de Coimbra)

VIA LATINA, colunata Neo-Clássica, edificada no século XVIII, no centro da qual existe um conjunto escultórico executado por Laprade em 1700, ao qual se juntou o busto de D. José I e duas figuras alegóricas.


 

imagens/pm_7maravilhas_20070614_univcbr_car1dia_lx.jpg

 

PORTA FÉRREA, entrada nobre do edifício principal da Universidade, data de 1634, maneirista de corrente Popular - o que a partir de 1570 é típico da arte de Coimbrã - nos núcleos centrais figuram estátuas dos reis D. Dinis - o rei fundador, e D. João II - o rei que a estabeleceu definitivamente em Coimbra.


Bíblia de Abravanel – Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra

Manuscrito em pergaminho atribuível à escola de calígrafos de Lisboa, da segunda metade do século XV, raríssimo (conhecem-se pouco mais de 20 exemplares) porque a maioria destas bíblias, na Península, foram confiscadas e queimadas pela Inquisição. Não tem colophon (isto é, o local onde se inscrevem os dados do local, autor e data) que nos informe da sua data e do nome do seu autor. Este exemplar tem as páginas iniciais inteiramente preenchidas com uma escrita micrográfica, de gosto mudéjar, a tinta castanha e ouro, semelhante a exemplares assinados pelo calígrafo Samuel Isaac de Medina, datados entre 1469 e 1490, e que se conservam na Palatina de Parma, em Cincinnati e em Oxford. Faltando-lhe embora algumas características decorativas típicas da escola lisboeta (tarjas e iluminuras cor malva), tem anotações e pertences que a relacionam com a família Abravanel, de Lisboa e Sevilha. É, por isso, conhecida como a Bíblia de Abravanel.


725 anos da UC

 ip

De realçar a Associação Académica, que é uma das mais atuantes associações de estudantes do país. Os Antigos Estudantes também têm um papel dinamizador e de contacto com a Universidade.

imagens/evora04.jpg

imagens/cc_duniv_2001_03_01.jpgimagens/cc_19801201_mf_univ.jpg imagens/cc_19850524_antrop.jpg

cc

Faculdades e Unidades:

Faculdade de Letras
Faculdade de Farmácia
Faculdade de Ciências e Tecnologia
   Departamento de Antropologia
   Departamento de Arquitectura
   Departamento de Bioquímica
   Departamento de Botânica
   Departamento de Ciências da Terra
   Departamento de Ciências da Vida
   Departamento de Engenharia Civil
   Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores
   Departamento de Engenharia Informática
   Departamento de Engenharia Mecânica
   Departamento de Engenharia Química
   Departamento de Física
   Departamento de Matemática
   Departamento de Química
   Departamento de Zoologia
Faculdade de Medicina
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação
Faculdade de Economia
Faculdade de Direito
Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física

Reitoria
Serviços de Acção Social
Biblioteca Geral
Biblioteca Joanina
Arquivo da Universidade
CEIS 20
Observatório Astronómico
Instituto Geofísico da Universidade de Coimbra (IGUC)

Ver Doutoramentos Honoris Causa da Universidade


IP Conheça a sua história- Fundação da Universidade. Coleção de sócio

ip
fonte: Delcampe.net


fonte: Delcampe.net

 

imagens/cinta_revista_univ_coimbra_19140707.jpg
Cinta da revista da Universidade (1914/07/07)

imagens/carta_uc_reitoria_txpaga_contrato.jpg
Carta circulada da Universidade de Coimbra para Coimbra de taxa paga com indicação de nº de contrato

imagens/carta_taxapaga_univ_uc.jpg

imagens/carta_taxapaga_univ_uc_proreitor.jpg

imagens/carta_secretaria_univ_marcadia_coimbra.jpg

imagens/carta_cc_19970301_cbr_diauniv_carta.jpg

imagens/carta_cc_19900809_cbr_700anos_univ.jpg

selos univ
Variedades de cliché do selo da Universidade.

Segundo Oliveira Marques em "História do Selo postal português", pag. 219 , a Universidade de Coimbra, teve prevista uma emissão dedicada a si, com a efige de D. João III, aprovada em 1940, mas cuja referência à Universidade viria a ser retirada, e mais tarde foi mesmo abandonado o projeto.

A Universidade de Coimbra (Alta e Rua da Sofia) foi considerada Património da Humanidade pela Unesco em 2013.

Algumas figuras ilustres ligadas à Universidade de Coimbra

 


Página Principal | Atividades | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 05/02/2017