Sidónio Pais

Sidónio Pais , após a implantação da República, foi nomeado, em 23 de Outubro de 1910, como Vice-Reitor da Universidade de Coimbra, sendo Reitor, Manuel de Arriaga.

Sidónio Bernardino Cardoso da Silva Pais nasce em Caminha, a 1 de Maio de 1872.

Filho de Sidónio Alberto Marrocos Pais e de Rita Júlio Cardoso da Silva, cresce num ambiente burguês e liberal.

Aos 11 anos fica órfão de pai, que morre subitamente de pneumonia. A família vive então em difíceis condições económicas, vendo-se forçada a deixar a Sertã e a regressar a Caminha. Aos 13 anos instala-se em Coimbra sob a protecção financeira de sua tia e madrinha, D. Claudina.

Casa, a 2 de Fevereiro de 1895, na Igreja Paroquial de S. Gonçalo, em Amarante, com Maria dos Prazeres Martins Bessa .

No ano lectivo de 1885-86, frequenta o Seminário Maior Episcopal de Coimbra como aluno externo. Concluído o Liceu em Viana do Castelo, segue para Coimbra, para frequentar a Faculdade de Matemática, onde se matricula em 1887.

Em Novembro de 1890 é chamado pela Secretaria da Guerra para ingressar na Escola do Exército em Lisboa, interrompendo a frequência do 4.º ano do curso universitário. Entre 1890 e 1892 aí realiza o curso de Artilharia. Em 1895 retoma os estudos universitários, finalizando os bacharelatos em Matemática e Filosofia em 1897, ambos com a 19 valores.

Em Janeiro de 1898 obtém o grau de licenciado com a tese Rotação da Terra considerada esta de Forma Variável. Em 24 de Julho de 1898 tem lugar a cerimónia do seu doutoramento em Matemática, com a classificação de 19 valores.

 

[Carreira Profissional]  

No ano lectivo de 1898-1899 é nomeado lente substituto na Faculdade de Matemática da Universidade de Coimbra. Conta apenas com 26 anos.

Em 1902 assume funções de professor na Escola Industrial Brotero (Coimbra), a cuja direcção ascendeu em 1905, empenhando-se na sua modernização e no melhoramento do ensino técnico.

Por decreto de 17 de Agosto de 1904 é promovido a catedrático, ministrando a cadeira de Cálculo Diferencial e Integral.

Paralelamente segue a carreira militar. A 12 de Dezembro de 1888 alista-se, como voluntário, no regimento de Infantaria n.º 23, em Coimbra, onde serve até 1889. Beneficiando de uma licença do Ministério da Guerra, continua a frequentar as aulas na Universidade.

Entre 1910-11 desempenha o cargo de presidente da Comissão Administrativa Municipal de Coimbra e, mais tarde, assume a presidência da mesma Câmara Municipal.

Em Fevereiro de 1911 é iniciado na Maçonaria na loja "Estrela de Alva", n.º 289 de Coimbra, adoptando o nome simbólico de Carlyle. Abandona os trabalhos maçónicos logo no ano seguinte, com a extinção da loja.


Imagem: Delcampe.net


Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 10/06/2013