António Oliveira Salazar

 

  

 

Nasceu na pequena aldeia do Vimieiro, próximo da Santa Comba Dão, em 28 de Abril de 1889. Concluída a sua instrução primária ingressou no Seminário de Viseu onde durante oito anos prosseguiu os estudos secundários. Emprega-se como professor no Colégio da Via Sacra, em Viseu, e em 1910 inicia os estudos superiores na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, curso que termina em 1914 com a classificação de 19 valores. Nomeado assistente em 1917, no ano seguinte e mediante concurso público, ascende a Professor Catedrático da Faculdade de Direito, do Grupo de Ciências Económicas. Em 1921 é eleito deputado católico ao Parlamento, lugar que aceita por um curto período. Após a revolução de 28 de Maio de 1926 é nomeado Ministro das Finanças, mas por não obter concordância com a orientação que julgava necessária, legalmente só ocupou o cargo de 3 a 19 de Julho de 1926. Dois anos mais tarde volta a ser nomeado Ministro das Finanças, tomando posse a 27 de Abril de 1928. Em 5 de Julho de 1932 toma posse do cargo de Presidente do Conselho de Ministros, lugar que desempenhou até 27 de Setembro de 1968, por vezes simultâneamente com as funções de Ministro das pastas das Finanças, Negócios Estrangeiros e Defesa Nacional, e interinamente as pastas das Colónias, Guerra e Marinha. Vítima de grave doença faleceu em Lisboa a 27 de Julho de 1970, sendo sepultado no cemitério da sua aldeia natal.


Máximo sobre postal do Sanatório da Colónia Portugueza do Brazil em Coimbra (Hospital dos Covões)


fonte: Delcampe.net


selo angolaselo angolaselo angolaselos angolaselo timor

 

fdc pt

Imagens de leilões da Internet


Cromo da caderneta História de Portugal

 

 

Página Principal | Atividades | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 29/12/2014