Pré Filatelia


Segundo o Roteiro do viajante no continente  de João Antonio Peres Abreu de 1865: “Este serviço no continente do reino está dividido em dez administrações centraes que fiscalizam as direcções parciaes sendo ellas fiscalizadas pela direcção geral dos correios situada em Lisboa na calçada do Combro ou dos Paulistas As administrações são Beja Coimbra Extremoz Faro Lisboa Porto Santarem Viana do Castello Villa Real e Vizeu 

O viajante que chegar a qualquer das principaes cidades do reino com tenção de se demorar deve ir á estação postal indicar a sua morada para lhe ser ahi entregue a correspondencia que tiver.

Quem quizer que a correspondencia lhe seja entregue com mais regularidade e promptidão maude a apartar mas em tal caso tem de reclamar no correio uma senha para com ella ir ou mandar buscal a tem porém a pagar 10 réis por cada carta ou masso que receber.

 Querendo se expedir uma carta e sendo já horas de estarem fechadas as caixaJj póde se ainda remettel a á direcção geral aonde é expedida á ultima hora pagando mais 20 réis além das estampilhas correspondentes ao peso 

Quando o viajante se retira vae de novo á estação postal e ahi indica o ponto a que se dirige para lhe remetterem a correspondencia que chegar depois da sua partida

Esta correspondencia assim remettida de uns pontos para outros paga um porte egual em sellos ou em dinheiro ao da sua procedencia sejam quantos forem os pontos a que for dirigida

Exemplo

Partimos de Lisboa para Coimbra e deixamos recommendado que nos remettam para alli a nossa correspondencia quando ella lá chega já nós temos partido para o Porto deixando a mesma e é nos remettida de Coimbra para o Porto

Fonte: Roteiro do viajante no continente e nos caminhos de ferro de Portugal em 1865 Por João Antonio Peres Abreu, Brito Aranha

Desde 25 de novembro de 1864 ha correio duas vezes por dia de umas para as outras das seguintes povoações Aveiro Coimbra Lisboa Porto e Santarem.

As horas da recepção e expedição em cada uma das referidas terras são em harmonia com as chegadas dos comboyos de serviço dos caminhos de ferro 

Fonte: Roteiro do viajante no continente e nos caminhos de ferro de Portugal em 1865 Por João Antonio Peres Abreu, Brito Aranha

Marcas de serviço de Coimbra do período pré-filatélico:

Ver Memórias Paroquiais de Coimbra. Neste documento pode ser encontrada muita informação com utilidade postal, como por exemplo, as localidades com as quais Coimbra trocava correspondência.em 1758. Este documento inclui as freguesias da Sé, São Pedro, São João de Almedina, Salvador, São Cristovão, São Bartolomeu, São Tiago e Santa Justa.


Carimbo Coimbra Carimbo Coimbra
1855/56, D. PEDRO V, CABELOS LISOS- NOMINATIVOS- Envelope circulado com selo do 25 rs azul Tipo I, CE 6, margens curtas, para Lisboa (15-10-55), com nominativo a preto "MAIORCA" a obliterar o selo + C. Barras "77" e nominativo de Trânsito COIMBRA a preto. Imagem: Leilões P. Dias  Imagem de leilão
Imagem de leilão Carta de Coimbra para o Porto 16/06/1827. Imagem de leilão
Carta de Coimbra para o Porto, com carimbo nominal rectangular . Imagem de leilão Carta de Coimbra para o Porto 10/10/1837 , com carimbo nominal oval . Imagem de leilão
Carta do Serviço Nacional Real, remetida pelo Provedor da Comarca de Coimbra (1821) para o cabido da Sé de Viseu. Carimbo e marca de registo do correio de Coimbra. Indicativo de isenção, manuscrito. Isento de franquia pelo artigo XXVIII do Decreto de 08/04/1805 (conhecidos 3 exemplares) (imagem das colecções de Adelino Caravela) SNR - Carta da Câmara Municipal de Coimbra para o Administrador do concelho da Lousã, registada em Coimbra a 09/07/1862 (imagem das colecções de Adelino Caravela)
SNR - Carta do Secretario do Conselho Superior d'Instrucção Pública para o Administrador do Concelho de Azambuja, com marca de Seguro Coimbra de 1856 do perÍodo pré adesivo (imagem das colecções de Adelino Caravela) Carta Seguro Coimbra, 24-11-1845 (imagem das colecções de Adelino Caravela)
Carta Seguro Coimbra, 28-04-1841 (imagem das colecções de Adelino Caravela) Carta de Coimbra - a preto GM CBR-11, de 23/09/1845 para Lisboa (26/09/1845), porte a preto "35". Imagem de leilão
p
Carta de Coimbra do Secretário Geral do Conselho Superior de Instrução Pública, datada de 13 de Dezembro de 1858, endereçada ao Administrador do Concelho d' Óbidos. Colecção de Jorge A. Nunes Coimbra / Seguro — A preto, GM CBR-S4 em carta datada de Coimbra (31.01.46) para Carregal, isenta de porte. Fonte: 31º Leilão CFP
   
imagens/carta_prefilat_1803_segura_cbr.png
Carta pré-filatélica com marca SEGURA COIMBRA de 1803 circulada para Torres Vedras com indicação "Do Real Serviço" (a marca de registo mais antiga conhecida de Coimbra). Coleção de sócio
 p
Carta circulada de Coimbra para Lisboa em 1839, com porte 35 a preto. Imagem: Delcampe.net
p
carta enviada de Coimbra para Lisboa com porte 35 a preto, em 1840. Imagem: Delcampe.net


 Ver outras no blogue: http://preadesivas.blogspot.pt/search/label/Coimbra


Conhecer a malaposta e o Correio-mor

 


Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 01/07/2017