Medalhística

Colecionismo > Medalhas

 Universidade de Coimbra | AAC | Estudantes | Queima das Fitas |
| Rainha Santa Isabel | Santo António | Camõesoutras personalidades |
| Instituições Monumentos | Eventos | Saúde | Outras:



med
Medalha comemorativa do IX centenário da reconquista de cristã de Coimbra (1964)
Anverso: Em cima, acompanhando a orla, a legenda “FERNANDO MAGNO”. Ao centro, um rei a cavalo, voltado à direita. Na mão direita empunha uma espada e na esquerda um estandarte com a Cruz Cristã. Ainda a assinatura de Cabral Antunes e a marca Topázio.
Reverso: Na orla a legenda “. CENTENÁRIO DA RECONQUISTA CRISTÃ DE COIMBRA”. Ao centro e em cima, o brasão municipal da cidade de Coimbra, tendo a cada lado as datas “1064” e “1964”. Em baixo um elemento decorativo, composto por uma roseta e quatro cruzes.
Autor: Cabral Antunes.
Metal: Bronze, Ø 80mm.
Obs.: Mandada executar pela comissão executiva destas comemoração e produzida na Topázio. Consta no “Catálogo da Colecção de Medalhas da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra”, com o Nº 25-6.
fonte: https://medalhasportuguesas.wordpress.com

cbr
Medalha comemorativa dos 2000 anos de história (2000)
Anverso: Ocupa todo o campo, uma panorâmica da cidade de Coimbra, destacando-se em cima a Universidade. À direita a assinatura “S. MACHADO”.
Reverso: Ao centro o brasão municipal, que tem em baixo uma tarja com a inscrição “CIDADE DE COIMBRA”. No exergo a legenda em arco “2.000 ANOS DE HISTÓRIA”.
Autor: S. Machado.
Metal: Bronze, Ø 90mm, 260g.


Medalha da Aemipex 69, 1969, Desenho de Cabral Antunes

imagens/medalha_aemipex69_frente.jpg imagens/medalha_aemipex69_verso.jpg
coleção da Secção




fonte: leilão ebay


Medalhística é o estudo e colecionismo de medalhas. As medalhas são peças metálicas semelhantes a uma moeda (podendo ser redondas, quadradas ou de outras formas geométricas planas), que não têm um valor facial em moeda corrente. São geralmente de natureza comemorativa ou premiadoras de triunfos em competições.

Falerística é um dos ramos da medalhística. A Falerística dedica-se exclusivamente ao estudo e catalogação de medalhas que são atribuídas a pessoas, colectividades ou outras entidades como prémio em competições ou condecoração por actos de bravura, excelência, mérito, prestação de serviços, etc.
Exonúmia é um dos ramos da medalhística. A exonúmia é o estudo e catalogação das medalhas não estudadas pela Falerística, ou seja, estuda as que são cunhadas para celebrar eventos ou outros fins que não o de premiar vencedores de competições ou condecorar pessoas ou entidades.

 

Editores

Medalhística Lusatenas, fundada em 1972 por Fernando Ribeiro
logo



Autores


Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2020 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 13/04/2019