Imprensa

Correios de Portugal investem um milhão em obras no distrito

Até 2010

Correios de Portugal investem um milhão em obras no distrito

Nos próximos dois anos vão ser reabilitadas 16 instalações dos Correios, pretendendo as intervenções aumentar o nível do conforto, eficiência e acessibilidade a deficientes

O investimento de um milhão de euros, a concretizar até 2010, prevê a realização de obras nas instalações dos CTT de Tábua, Lousã, S. José (Coimbra), Bairro Novo (Figueira da Foz), Febres, Lagares da Beira, Rossio (Santa Clara-Coimbra), S. Martinho do Bispo, Universidade de Coimbra, Ervedal da Beiras, Góis, Paião (Figueira da Foz), Pampilhosa da Serra, Cantanhede e Penacova.
O presidente do Conselho de Administração (CA) dos CTT, Estanislau Mata Costa, garantiu ontem, em Coimbra, que «o distrito merece um carinho especial», sendo já um dos que tem
maior densidade de cobertura, com 2.496 habitantes por balcão, contra a média nacional de 3.696 e europeia de 5.142.
Desta forma, segundo o responsável, existem no distrito de Coimbra 52 estações e 122 postos de correio, havendo 349 carteiros que, todos os dias, fazem 300 percursos diferentes, numa distância total diária de mais de 14 mil quilómetros.
Verifica-se ainda a presença de 19 centros de distribuição postal, que permitem a distribuição de mais de 246 mil objectos diários, assim como a Central de Tratamento de Correio de Taveiro, responsável pela correspondência de toda a região Centro, por onde passam todos os dias 755 mil objectos.
Estanislau Mata Costa enfatizou o factor empregador da sua empresa, com 824 funcionários do distrito, a maioria na distribuição e atendimento, existindo a previsão de integrar este ano nos quadros mais dois carteiros, depois dos quatro contratados em 2008.
O administrador garantiu que, é pela importância que Coimbra tem para a empresa, que vão ser realizadas estas obras, que visam aumentar o conforto dos clientes e funcionários, assim como a melhoria das condições de trabalho.
A climatização, moderna e «amiga do ambiente», preconizada para os espaços, levou Estanislau Costa a frisar que «longe vão os tempos em que o chefe da estação é que dizia quando se ligava ou desligava a ventoinha».
Também no sentido de criar melhores condições, e dando cumprimento às leis sobre acessibilidades, as obras a realizar terão sempre uma preocupação acrescida com a acessibilidade para os deficientes motores, nomeadamente através da construção de rampas.
Considerando tratar-se de «um distrito bem servido no nosso serviço universal», o presidente do Conselho de Administração garantiu que «estamos satisfeitos com o que temos em Coimbra, mas queremos sempre melhorar». Assim, Estanislau Mata Costa deixou a certeza de que «vão ser evitadas obras de fachada», sublinhando ainda que não vão ser feitas deslocalizações «supérfluas» dos estabelecimentos a intervencionar.

in Diário de Coimbra, 2009/03/13
http://www.diariocoimbra.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=1047&Itemid=135


Coimbra
Novo assalto aos Correios de Santa Clara

Des­ta vez o rou­bo foi na Pra­ça Cam­pos Con­ten­te e envol­veu agres­sões ao fun­cio­ná­ri

Oito dias depois do assal­to à esta­ção dos CTT do Ros­sio, os ladrões vol­ta­ram à fre­gue­sia de San­ta Cla­ra, des­ta vez ao pos­to dos Cor­rei­os da Pra­ça Cam­pos Con­ten­te.
Em mol­des seme­lhan­tes ao rou­bo da sema­na pas­sa­da (de cara cober­ta e supos­ta­men­te arma­dos), o de ontem ocor­reu na aber­tu­ra dos Cor­rei­os, saben­do-se que eram, pelo menos, qua­tro indi­ví­duos.
Embo­ra seja uma zona habi­ta­cio­nal movi­men­ta­da, com vári­as casas comer­ci­ais, a entra­da de rom­pan­te no pos­to terá pas­sa­do pra­ti­ca­men­te des­per­ce­bi­da mas, apu­rá­mos, foi obser­va­da por um cli­en­te que se diri­gia ao pos­to dos Cor­rei­os.
Já no inte­ri­or da esta­ção, os assal­tan­tes depa­ra­ram-se com um cofre equi­pa­do com sis­te­ma de retar­da­men­to (leva oito minu­tos a abrir), con­tra­ri­e­da­de que os irri­tou e levou a agre­dir o fun­cio­ná­rio.
O Gabi­ne­te de Impren­sa dos Cor­rei­os con­fir­mou o assal­to mati­nal, reve­lou que o fun­cio­ná­rio agre­di­do não neces­si­tou de hos­pi­ta­li­za­ção, mas não adi­an­tou mais por­me­no­res, dan­do con­tu­do a enten­der que o mon­tan­te sub­tra­í­do não terá sido mui­to ele­va­do. Até por­que, elu­ci­dou a mes­ma fon­te, as ver­bas actu­al­men­te exis­ten­tes nas esta­ções de Cor­reio não são mui­to ele­va­das.
Tal como no pas­sa­do dia 2, na esta­ção do Ros­sio, tam­bém aqui os assal­tan­tes fugi­ram a pé, supon­do-se que teri­am uma via­tu­ra nas pro­xi­mi­da­des. Nenhu­ma fon­te poli­ci­al con­fir­mou se esta­vam arma­dos, ape­nas que foram qua­tro e que pro­cu­ra­vam escon­der o ros­to.

Autar­ca vol­ta a cri­ti­car
ausên­cia de poli­ci­a­men­to
De acor­do com José Simão, pre­si­den­te da Jun­ta de Fre­gue­sia de San­ta Cla­ra, num mês já assal­ta­ram três vezes os Cor­rei­os em San­ta Cla­ra. Duas vezes o pos­to da Rua Fei­to­ria dos Linhos e ontem na Pra­ça Cam­pos Con­ten­te, nas ime­di­a­ções do “Lidl”.
O autar­ca vol­tou a cha­mar a aten­ção para a fal­ta de poli­ci­a­men­to da fre­gue­sia. «Não há segu­ran­ça e cada vez fica­mos mais apre­en­si­vos», adi­an­tou José Simão, que receia um aumen­to da cri­mi­na­li­da­de em San­ta Cla­ra quan­do for ins­ta­la­do o sis­te­ma de vide­o­vi­gi­lân­cia na Bai­xa de Coim­bra. «Esta­mos com medo que o cri­me pos­sa pas­sar para as fre­gue­si­as cir­cun­vi­zi­nhas urba­nas», rece­ou.
O autar­ca lem­brou, a pro­pó­si­to, que a Jun­ta de Fre­gue­sia de San­ta Cla­ra tem duas cape­las na Ladei­ra da Rai­nha San­ta que estão a ser cons­tan­te­men­te assal­ta­das. «Qual­quer dia são as lojas comer­ci­ais tam­bém», vati­ci­nou.

in Diário de Coimbra,10/01/2009
http://www.diariocoimbra.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=234&Itemid=135

SANTA CLARA
Na praceta José Campos Contente
Correios assaltados à mão armada
Três indivíduos encapuzados assaltaram ontem a estação dos correios, junto ao Lidl. A PJ de Coimbra prossegue com a investigação.

in As Beiras, 2009/01/10
http://www.asbeiras.pt/?area=destaque&numero=67730&ed=10012009

 

Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 13/03/2009