Imprensa

[2000] [2001] [2002] [2003] [ 2006] [2007] [2008] [2009] [ 2010 ]
[ 2011 ] [ 2012 ] [ 2013 ] [ 2014 ] [ 2015 ] [ 2016 ]

[ 2017 ]



domingo, 26 de fevereiro de 2017
Convívio Filatélico em Coimbra
A filatelia, e o coleccionismo em geral, tem de ser essencialmente convívio entre os coleccionadores, troca de conhecimentos e de experiências, e foi isso que levou um grupo de filatelistas a juntarem-se ontem, dia 25 de Fevereiro, para assinalarem os 52 anos da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra. E logo começou num bom almoço no "Restaurante Cantinho do Reis", no Terreiro da Erva, onde desfrutámos de um bom serviço e acolhimento.

A tarde foi passada nas instalações da Associação Académica de Coimbra e da sua Secção Filatélica, a única do país que foi visitada por dois Presidentes da República, o Dr. Mário Soares, e no ano passado pelo Prof. Marcelo Rebelo de Sousa. A tertúlia filatélica trouxe a descoberta de peças filatélicas com marcas postais interessantes, trazidas por Acácio Horta da Luz e José Cura, e que deram origem há participação de todos num convívio muito bom. Houve bolo, como mostro nas imagens, e o desejo de muitos anos de vida para a Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra, que no próximo mês de Maio vai comemorar também, os 40 anos do Clube de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos.

in blogue O Filatelista
https://o-filatelista.blogspot.pt/2017/02/convivio-filatelico-em-coimbra.html


EVOLUÇÃO E DINAMISMO MARCAM OS 52 ANOS DA SECÇÃO FILATÉLICA
28 Fevereiro, 2017 acabra
A SF/AAC afirma-se como um “contributo para a filatelia nacional”. No entanto, continua a verificar-se falta de jovens nesta modalidade. Por Carolina Cardoso e Cristina Oliveira

Foi com uma visita à Feira das Velharias, seguida de um almoço de convívio e de um passeio pela cidade, que a Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra (SF/AAC) celebrou o seu 52.º aniversário, no passado dia 25 de fevereiro. As comemorações proporcionaram aos membros um “dia filatélico”, através de uma troca de selos e materiais, como adianta a presidente da SF/AAC, Carolina Pereira.

Em modo de balanço, a presidente afirma que a secção “tem vindo a ser cada vez mais dinâmica” e que “tem evoluído bem ao longo do tempo”, com cada vez mais exposições e colóquios. Como aspetos de distinção, aponta o facto de ser “a única inserida numa associação de estudantes” e de contribuir para a filatelia nacional. “Às vezes não lhe é dado o devido valor, mas a SF/AAC foi fundamental na luta dos estudantes, em 1969”, refere Carolina Pereira, e destaca a passagem de algumas personalidades importantes pela secção.

Acrescenta que “a filatelia é um ‘hobby’ que já não cativa os jovens de hoje”. No entanto, apesar da falta de interesse, “os estudantes continuam a aparecer”, com coleções de selos dos pais e avós, “para saber como funciona a secção”. Neste momento, a SF/AAC conta com “cerca de mil membros efetivos”.

A atividade da secção depende também da disponibilidade dos membros, que “auxiliam a direção na organização de exposições, de mostras filatélicas e de outros eventos”. É deste modo que se dá a conhecer o património cultural e filatélico que a secção possui. Como exemplo, a presidente refere a publicação de livros de carimbos comemorativos, “muito cobiçados e raros”.

Carolina Pereira sente-se satisfeita com as infraestruturas da secção. O facto de esta contar com três salas, justifica-se por “possuir espólio que deve estar acondicionado e guardado”. Para os próximos anos, garante que o objetivo é “continuar a trabalhar”.

in A Cabra, 2017/02/28
http://www.acabra.pt/index.php/2017/02/28/evolucao-dinamismo-marcam-os-52-anos-da-seccao-filatelica/


Estudantes de Coimbra festejam aniversário

A Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra comemorou o seu 52º aniversário, no último sábado (dia 25).

O dia iniciou-se com a já tradicional visita à Feira de Velharias de Coimbra, que tem lugar na Praça Velha, onde se pode adquirir ou admirar material filatélico de grande interesse.


Depois do almoço/convívio, seguiu-se uma tertúlia filatélica com trocas e discussão de assuntos de interesse para os filatelistas.


Os presentes nos vários momentos do programa puderam escolher o “melhor selo” e o “melhor bloco” emitidos em 2016.Curiosamente tanto o selo como o bloco recolheram o mesmo número de votos pelo que a votação prolonga-se até dia 10 através do endereço: https://goo.gl/forms/GOGo8sIQ4jPAOzMC2

O desempate nos selos é entre o Texugo (Mamíferos predadores) e Café Santa Cruz (Cafés Históricos). Os dois blocos são: Padre António Vieira (Jesuítas) e Painel de S. Vicente (Tesouros dos Museus Portugueses)

Durante estas mais de cinco décadas de vida a SFAAC tornou-se uma referência incontornável no panorama filatélico nacional, pelo trabalho árduo e de qualidade na divulgação e na promoção da filatelia nas suas várias modalidades ou classes.

A Secção de Filatelia da A.A.C., fundada por um grupo de estudantes filatelistas, é a única secção filatélica na Europa que pertence a uma Associação de Estudantes e teve, desde sempre, um papel importante na Academia, na cidade de Coimbra e em todo o país, como o atesta a realização aos quatro anos de vida, da VIIª Exposição Filatélica Nacional "AEmipex 69", bem como muitas outras mostras, salões e jornadas filatélicas ao longo dos mais de cinquenta anos de existência.

A sua actividade e os seus mais de 1.000 sócios tornam-na num dos mais importantes núcleos filatélicos da região Centro. Da sua actividade destaque-se a criação, em 1977, do "C.C.C.C.- Clube de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos", clube que quarenta anos depois continua a ser o único do género no país dedicado a esta área da filatelia. Destaque-se também, a edição da sua revista "Cábula Filatélica", conhecida em todo o país e já distinguida internacionalmente.

in Diário do Alentejo, 2017/03/?


40 Anos do Clube de Coleccionadores de Carimbos
Parabéns ao Clube de Coleccionadores de Carimbos Comemorativos da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra, pelos 40 anos de existência. É a única associação portuguesa que trabalha a marcofilia comemorativa, e que pode fornecer aos seus associados e filatelistas em geral, as peças que vão sendo editadas. Deixo aqui a ligação ao blogue da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra, para que possam ver e acompanhar as notícias que eles nos dão.

Esta comemoração terá o carimbo alusivo à data, que mostro na imagem, no dia 25 de Maio, associado aos festejos da Queima das Fitas de 2017, e que representa a voluta de uma guitarra portuguesa de Coimbra. No dia 27 comemoram este aniversário com as iniciativas que mostro também nas imagens, uma visita à Feira de Coleccionismo e Velharias, da parte da manhã, na Praça do Comércio, em Coimbra, seguindo-se um almoço comemorativo, e já na parte da tarde a Tertúlia Filatélica, nas salas da Secção Filatélica, com convívio, apresentação das peças filatélicas realizadas para esta comemoração, eleição do carimbo mais bonito de 2016, e o tradicional Bolo com Porto de Honra. Parabéns pelos 40 anos, e que possamos todos ver mais 40.


in https://o-filatelista.blogspot.pt/2017/05/40-anos-do-clube-de-coleccionadores-de.html


40 ANOS DO CLUBE DE COLECIONADORES DE COIMBRA Também na quinta-feira, 25 de Maio, será utilizado em Coimbra um carimbo comemorativo destinado a assinalar os 40 anos de atividade do Clube de Colecionadores de Carimbos Comemorativos (CCCC) da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra. O carimbo é ilustrado com uma guitarra de Coimbra e assinala ainda a Queima das Fitas 2017 e os 40 anos do CCCC. Estará à disposição dos colecionadores na Loja dos CTT de Coimbra.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/cultura/detalhe/etiquetas-assinalam-ano-do-turismo-sustentavel?ref=Bloco_CMAoMinuto

40 ANOS DO CLUBE DE COLECIONADORES DE COIMBRA

Também na quinta-feira, 25 de Maio, será utilizado em Coimbra um carimbo comemorativo destinado a assinalar os 40 anos de atividade do Clube de Colecionadores de Carimbos Comemorativos (CCCC) da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra. O carimbo é ilustrado com uma guitarra de Coimbra e assinala ainda a Queima das Fitas 2017 e os 40 anos do CCCC. Estará à disposição dos colecionadores na Loja dos CTT de Coimbra.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/cultura/detalhe/etiquetas-assinalam-ano-do-turismo-sustentavel?ref=Bloco_CMAoMinuto


ÚNICO CLUBE PORTUGUÊS DE COLECIONADORES DE CARIMBOS COMEMORATIVOS FESTEJA 40 ANOS

Adeptos filatélicos em Coimbra realizam atividades para o aniversário do grupo. Dificuldade em atrair novas pessoas é uma das principais dificuldades na filatelia. Por Ricardo Silva e Rafael Soares.
Fundado em Maio de 1977, o Clube de Colecionadores de Carimbos Comemorativos (CCCC) da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra (SF/AAC) celebra quatro décadas de existência. Nos dias 25 e 27 deste mês vão existir atividades e oportunidades de convívio entre os seus sócios. Este grupo é o único ainda existente no país dedicado a esta vertente da filatelia.
“O carimbo comemorativo é importante para a celebração de um evento”, começa por explicar o presidente da Mesa de Plenário da SF/ACC, Nuno Cardoso. No dia 25, vai ser emitido, pela SF/AAC, um selo e um carimbo com o objetivo de assinalar o aniversário, bem como a Queima das Fitas 2017.
Constituído por todos os sócios da SF/AAC e por pessoas com inscrição específica no clube para adquirirem os carimbos comemorativos que a secção reúne, o CCCC tem sofrido alterações ao longo das últimas décadas. “Neste momento, o grupo está com 70 ou 80 carimbos por ano, cerca de metade do que havia ao início”, revela Nuno Cardoso. Acrescenta que a quantidade de selos comemorativos a serem emitidos tem sido constante. No entanto, “o número de colecionadores diminuiu e esse é o principal problema”, lamenta.
A dificuldade em atrair jovens é uma das principais dificuldades na filatelia. De acordo com Nuno Cardoso, “é cada vez mais raro encontrar um jovem a colecionar selos”, o que se explica, em parte, pelos custos e por outras formas de lazer. Por esta razão, as expetativas do grupo para os próximos tempos passam por “manter a porta aberta e apoiar os colecionadores”.
O último dia das celebrações, dia 27, vai contar com uma visita à Feira de Colecionismo e Velharias, na Praça do Comércio, um almoço comemorativo e uma tertúlia a decorrer nas salas da SF/AAC, onde vai ser apresentada uma edição da Cábula Filatélica, publicação oficial da SF/AAC, direcionada para os carimbos comemorativos.

in A Cabra, 24 Maio, 2017 acabra
http://www.acabra.pt/index.php/2017/05/24/unico-clube-portugues-colecionadores-carimbos-comemorativos-festeja-40-anos/


dc

Diário de Coimbra, 2017/05/27


O cancro e a filatelia: Novo livro de Carlos Freire de Oliveira

Os selos e as marcas postais também têm servido para alertar para o problema do cancro, como se pode constatar ao folhear o livro agora lançado pelo presidente do Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), Carlos Freire de Oliveira. O ginecologista e oncologista apresentou recentemente a obra, no Café Santa Cruz, em Coimbra.
“O cancro e a filatelia – Educação para a saúde através de mensagens transmitidas em selos e marcas postais” é uma edição conjunta do Núcleo Regional do Centro da LPCC e da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra, com o patrocínio da Roche.
Para o especialista, “a comunicação através de selos e marcas postais visa informar o público e disponibilizar mensagens que reflitam a evolução dessa comunicação e que contribuam, no âmbito da saúde, para a literacia dos cidadãos”.
O médico disse ainda à Just News que “a publicação desta obra procura ser um contributo para a transmissão de uma mensagem em saúde, de modo menos convencional, aproveitando os recursos da filatelia”.
Carlos Freire de Oliveira, nascido a 25 de dezembro de 1943, em Ponta Delgada, foi professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e presidente da LPCC, assim como de várias sociedades científicas, entre as quais a Sociedade Portuguesa de Ginecologia e a Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia.
É, atualmente, presidente da Comissão de Coordenação da Subespecialidade de Ginecologia Oncológica da Ordem dos Médicos.
Apaixonado pela filatelia, começou a juntar selos em 1950, com sete anos, e em 1967 iniciou a coleção temática “Cancro e luta anticancerosa”, galardoada em diversas exposições nacionais e internacionais.

in Just News, 6 de julho de 2017 - 19:00
https://justnews.pt/noticias/o-cancro-e-a-filatelia-novo-livro-de-carlos-freire-de-oliveira#.WV6tK4jyvIU

cancro


dc

Portimão 2017 acolhe congresso da Federação de Filatelia
Pontos altos serão uma comunicação sobre a temática ‘O Cancro’ e o Jantar de Palmarés.

Até domindo, 19, pode ser visitado no Portimão Arena, em Portimão, o maior evento filatélico realizado este ano em Portugal. Trata-se da XXVI Exposição Filatélica Nacional, também designada por Portimão 2017. Neste certame podem ser apreciados milhares de selos e peças filatélicas raras e únicas distribuídas por 90 das melhores coleções filatélicas portuguesas, propriedade de 60 colecionadores que se dedicam à pesquisa e ao estudo das mais variadas temáticas filatélicas através dos diversos ramos da filatelia. O programa das festas de sábado inicia-se às 10h00 com o lançamento oficial do carimbo dedicado ao Dia da Conserva e com a afixação dos resultados das classificações e prémios atribuídos pelo júri oficial da exposição indicado pela Federação Portuguesa de Filatelia.
O Congresso da Federação Portuguesa de Filatelia inicia-se uma hora depois. Cerca das 13h00 terá lugar, no Restaurante Forte e Feio, em Portimão, o almoço de confraternização entre as 24 entidades federadas e, no final, serão distribuídos os prémios de mérito de Literatura Filatélica de 2016. O prémio ‘O Philatelista’ – Melhor Periódico foi atribuído à revista ‘Timbre’ da Confraria Timbrológica Meridional, de Évora. Já o prémio ‘A. Guedes de Magalhães’ – Melhor Autor, será entregue a Américo Lopes Rebelo pelos textos publicados em diversas revistas. O prémio ‘Godofredo Ferreira’ – Melhor Livro foi atribuído a Eduardo José Oliveira e Sousa pelo livro ‘50 Anos das Exposições Lubrapex’, e, por último, o prémio ‘Aníbal Queiroga’ – Melhor Website e Blog de Filatelia vai para o blog http://sfaac-filatelia.blogspot.pt da Secção Filatélica da Associação Académica de Coimbra.
No Auditório do Pavilhão Arena decorrerá, pelas 16h00, uma Conferência subordinada ao tema ‘Cancro – A Comunicação através da Filatelia’ de Carlos Freire de Oliveira, da Universidade de Coimbra.
O dia termina com o jantar de Palmarés da Exposição, no Hotel Júpiter, em Portimão, onde no final serão entregues aos filatelistas participantes os prémios das suas coleções. Paralelamente à Exposição Filatélica Nacionalm decorrerão a Algarpex-2017, certame filatélico anual e participativo; a FICA – Feira Internacional de Colecionismo do Algarve; e a exposição de painéis sobre Pescas, no Museu de Portimão. Para assinalar o certame os Correios de Portugal editaram cinco excelentes carimbos comemorativos, quatro deles dedicados à temática da pesca (um para cada dia da exposição). O quinto carimbo assinala a Algarpex-2016 e os 40 anos da filatelia em Portimão. Será utilizado no domingo, 19 de novembro, em simultâneo com o carimbo dedicado à ‘Operária Conserveira’. Neste evento estão presentes stands de diversos Clubes e Associações Filatélicas, bem como da Federação Portuguesa de Filatelia e dos Correios de Portugal. Este grande evento filatélico é organizado pela AFAL – Associação Filatélica Alentejo-Algarve e conta com o patrocínio dos Correios de Portugal, da Federação Portuguesa de Filatelia e da Câmara Municipal de Portimão. A entrada é gratuita.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/cultura/detalhe/portimao-2017-acolhe-congresso-da-federacao-de-filatelia


Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 09/12/2017