Grão Vasco

selo


bloco

selo

bloco


Vasco Fernandes, mais conhecido por Grão Vasco, é considerado um dos mais importantes pintores portugueses da primeira metade do século XVI, tendo deixado um espólio que se distribui por monumentos religiosos como os Mosteiros de Salzedas, em Viseu, e de Santa Cruz, em Coimbra.

A sua biografia é pouco conhecida, além das obras que deixou e sua atribulada vida amorosa, tendo nascido cerca de 1475, provavelmente em Viseu e falecido cerca de 1542.

Foi um destacado pintor, integrado com as principais correntes artísticas europeias da época.

Deixou obras em locais como a Sé de Lamego, Igreja de Freixo-de-Espada-à-Cinta, Igreja de Tarouca, Mosteiro de Santa Cruz em Coimbra e muitas outras, que hoje em dia, estão espalhadas por vários museus nacionais.

Trabalhou vários anos em Coimbra, para onde veio depois da sua vida em Viseu, seguindo depois para Lisboa.

Dá nome ainda, ao Museu Grão Vasco em Viseu, onde se encontram muitas das suas obras, essencialmente pinturas de retábulos, da Sé de Viseu, mesmo ao lado do Museu e de outras igrejas da região.

Os CTT emitiram a 23 de fevereiro de 2012, uma emissão com o título “A palavra e a imagem” com várias obras marcantes do século XVI, com 4 selos e 2 blocos, e com o objetivo de mostrar a iconografia da época. O selo de €1,00 (o de mais alto valor da série) e 1 dos blocos, com valor facial de €1,50 retratam obras de autoria de Vasco Fernandes, ou Grão Vasco.

O selo retrata a obra “Última Ceia” e é atribuída a Francisco Henriques e a Grão Vasco, sendo um óleo sobre madeira do séc. XVI. O selo apresenta uma faixa branca vertical, do lado direito com um texto do capítulo 22 do Evangelho de S. Lucas, que fala da Última Ceia de Cristo.

A obra refletida no bloco, “Pentecostes”, foi realizada entre 1535 e 1540, e é um óleo sobre madeira com dimensões 237,5 x 216 cm , tendo o retábulo as figuras de Santa Luzia, Santa Catarina e Santa Margarida. Esta última não aparece devido à faixa com texto inserido pelos designers da emissão, a empresa Folk Design, responsável por várias emissões nos últimos anos. O texto inserido de forma vertical, apresenta um texto bíblico do livro dos Actos dos Apóstolos, sobre o Pentecostes. O retábulo teve a colaboração do artista Gaspar Vaz, que influenciou a obra em vários aspetos. Esta obra é muito idêntica a outra que Grão Vasco fez para o retábulo de uma capela do mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. As similitudes são evidentes e podem procurar essa imagem para ver que são claramente semelhantes, sendo a obra considerada uma das suas melhores.

O selo teve uma tiragem de 145 mil exemplares e o bloco 50 mil. A emissão foi impressa em offset na empresa Joh. Enschedé e tem o habitual picote de segurança “Cruz de Cristo” nos lados horizontais.

 

José Cura, agosto de 2012

 


cc 2004


pm



c1dia



 

Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 15/12/2016