Eduardo Francisco Varela Pécurto

Nasceu no Ervedal a 27 de Abril de 1925. Ainda criança, estabeleceu-se com a família em Évora, onde estudou até ao sexto ano do Liceu. Naquela cidade estudou a arte da fotografia com o mestre David de Freitas, da Fotografia Nazareth. Eduardo Nogueira foi o seu mestre da Foto Nogueira onde trabalhou. Foi sócio do "Grupo Câmara", Grupo de Amadores de Fotografia e cinema. Nesta qualidade concorreu a uma exposição organizada em Coimbra, onde obteve o primeiro prémio e foi elogiado pelos membros do júri. Em Coimbra o seu trabalho tem sido frequentemente reconhecido e elogiado, o que ajudou a que lhe fosse confiada a direcção da secção fotográfica da Livraria Atlântida Editora, em 1950. Passou então para a Ilda & Cª. Lda. onde foi sócio-gerente durante 50 anos. Foi operador-correspondente da RTP no centro do país, durante duas décadas. As primeiras exposições nacionais e internacionais de arte fotográfica deram-se em Lisboa e Innsbruck, na Áustria, no ano de 1949. Fez exposições em vários países, designadamente África do Sul, Alemanha, Angola, Bélgica, Brasil, Chile, China, Cuba, Dinamarca, Espanha, França, Índia, Inglaterra, Itália, Jugoslávia, Marrocos, País de Gales, União Soviética e outros países. Publicou artigos em vários periódicos e editou livros - Cantanhede, Ervedal, Lousã e Penacova, maioritariamente sobre o património material e imaterial destas povoações. É autor de várias coleções de postais, designadamente de Coimbra, Évora, Fátima, Figueira da Foz, Porto e o Convento do Louriçal. Os CTT editaram um selo comemorativo com base numa fotografia de sua autoria. Cerca de 50 medalhas de ouro, prata e bronze e cerca de 100 menções honrosas atestam a qualidade do seu trabalho. Foi distinguido com a Medalha de Mérito Cultural da Câmara Municipal de Coimbra e com o diploma de honra do Clube de Comunicação Social desta cidade. Está representado no Museu de Arte Contemporânea do Chiado em Lisboa, Museu Nacional Ferroviário do Entroncamento e em Coimbra.  

Fonte: https://sites.google.com/site/memoriadecoimbra/dicionario/p/de


Título: De Madrid a Lisboa, passando por terras do Luso. Datas: [1951 - 1953] . Fundação Museu Nacional Ferroviário
Próximo da Estação Luso - Buçaco. Esta fotografia foi utilizada num selo emitido pelos CTT para comemoração dos 150 anos da construção do primeiro troço do caminho de ferro em Portugal, Lisboa - Carregado. Comboio internacional.




 

Página Principal | Atividades | Coimbra | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 14/09/2012