Convento de Santa Clara-a-Velha

 

Fica situado na margem esquerda do Rio Mondego a caminho de Santa Clara. A casa religiosa foi fundada por D. Mor Dias, no século XIII. Construiu-se uma pequena igreja e outras modestas instalações. No século XIV, D. Isabel de Aragão (casada com o rei D. Dinis), melhorou o mosteiro e patrocinou a construção de um novo edifício e de novas instalações para as freiras. A igreja foi sagrada em 8 de Julho de 1330. Mais tarde, construiu-se um claustro, uma sala capitular, uns paços privativos para a rainha e um hospÍcio. Em 1331, as cheias do Rio Mondego atingiram o edificio. O corpo do edificio divide-se em três naves e estas em sete tramos. Altas frestas duplas e três rosáceas permitem a entrada da luz. No século XVII, no piso alto foi construÍdo um arco para albergar o túmulo de D. Isabel de Aragão, a Rainha Santa. O convento foi abandonado em 1677, altura em que as freiras se mudaram para o novo edifício situado no alto da colina sul do Mondego.

 

Monumentos > Convento de Santa Clara-a-Velha


Página Principal | Atividades | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 22/08/2009