Coimbra

    Situada nas margens do Mondego, a quatro escassas dezenas de quilómetros do mar, a povoação Romana de Aeminium herda o nome da vizinha Conímbriga por transferência do bispado desta povoação (situada nas proximidades de Condeixa), aquando da sua destruição pelas invasões Suevas (Séc. V). Após a passagem pelo domínio árabe, a reconquista definitiva dá-se em 1064 pelo Rei Fernando Magno. Com D. Afonso Henriques, e durante mais de um século, Coimbra é a capital de Portugal. Apesar de alguns interregnos, a criação da Universidade por D. Dinis (Séc. XIX), dá uma fisionomia e um espírito próprio que se mantém desde há longos séculos. Ainda hoje Coimbra tem, uma posição de destaque na Vida Cultural Portuguesa. Rica em monumentos de todas as épocas, destacam-se a Sé Velha, a Sé Nova, os Mosteiros de Santa Cruz e de Celas, os Conventos de Santa-Clara-a-Velha e Santa-Clara-a-Nova, as diversas igrejas e Colégios Universitários, a Biblioteca Joanina e outros de não menos importância. Conta com diversos jardins e parques dos quais se destaca o Jardim Botânico e ainda com vários museus, nomeadamente o Museu Nacional Machado de Castro, sob o qual se encontra um Criptopórtico Romano. Sem ser um centro industrial, possuindo um comércio medianamente desenvolvido, a sua importância advém sobretudo das funções administrativas e do facto de ter uma enorme massa estudantil, em torno da qual gira grande parte da vida desta Cidade...

 

imagens/fdc_19650427_tomadacbrmouros.jpg


Bilhete postal circulado de Coimbra para Upsala - Suécia, com marca de dia de 13/AGO/1908 e marca de chegada de 18/08/1908 (Fonte: leilão da Internet)



Carta circulada dos USA para Coimbra, com marca de chegada de Coimbra - Corr Telº . fonte: Leiloes.net

 

 


Página Principal | Atividades | Links

Copyright © 1999-2017 J. Cura, Secção Filatélica da AAC - Portugal
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Voltar]
Última atualização: 16/05/2016