Bartolomeu de Gusmão

 

Bartolomeu Lourenço de Gusmão(1685? - 1724) Inventor do aeróstato

Bartolomeu de Gusmão foi um sacerdote e inventor brasileiro que é considerado um dos precursores da aviação.

Nascido em Santos, em 1685, tendo ingressado na Companhia de Jesus na viragem de século, partindo para Lisboa onde estudou. De regresso ao Brasil em 1702, foi ordenado sacerdote, tendo mais tarde requerido aquela que seria a primeira patente de um brasileiro: um mecanismo de elevação de água que tinha construído anos antes.

Em 1708 volta a Portugal onde se matriculou na Universidade de Coimbra, onde estudou Cânones, mas também várias áreas cientificas como Matemática e Física.

No ano seguinte, conquistou o apoio de D. João V para as suas várias invenções, sendo o aeróstato o mais famoso. Perseguido pela Inquisição, fugiu para Toledo, Espanha onde viria a falecer em 1724.

Bartolomeu de Gusmão foi homenageado em vários selos brasileiros, mas também em Portugal, com uma emissão de 1983 intitulada de "À Conquista do Espaço". Composta por 2 selos, o 1º de valor facial de 16$00, com Bartolomeu e a sua invenção, teve uma tiragem de 3 milhões de selos. O 2º selo retrata o 1º voo tripulado, o balão Montgolfier, inventado pelos irmãos Joseph Michel e Jaques Étienme Montgolfier, que o conseguiram em 1783, quase 80 anos depois de Gusmão ter conseguido um feito também notável para a história da aviação. A emissão foi desenhada por José Luis Tinoco e impressa por Offset na Imprensa Nacional Casa da Moeda, tendo circulado de 9 de novembro de 1983 a 31 de agosto de 1989. À semelhança de outras séries da época, foi usado papel esmalte fosforente.

José Cura, julho de 2012

 

imagens/selo_brasil_1985_bartolomeu_gusmao.jpg

cc 14/12/1985 Santos - Brasil